Mostrar 4974 resultados

Pesquisa por órgão
Previsualizar a impressão Ver:

4824 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

JOGO EDUCACIONAL PARA AUXILIAR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS AUTISTAS

O artigo apresenta a construção de um jogo para atuar como recurso pedagógico no processo de alfabetização de crianças diagnosticadas com transtorno autístico. O jogo busca auxiliar o desenvolvimento da língua escrita nos anos iniciais do ensino fundamental, também podendo ser utilizado pelos demais alunos. Desenvolvido para ser multiplataforma e acessado através dos
navegadores de internet, diversas tecnologias de programação para a internet foram analisas e comparadas. Os exercícios de alfabetização foram planejados para atender aos distintos níveis de escrita, conforme apresentados por Ferreiro e Teberosky (1986) e serem atividades lúdicas. Desta forma, com o uso do jogo em sala de aula, espera-se que o processo de alfabetização seja mais atraente e motivador em um espaço de aprendizagem digital.

Fausto Armando Bischoff

LEAPMOTION: POSSIBILIDADE DE USO PARA FISIOTERAPIA REMOTA

Cada vez mais, as tecnologias de informação e comunicação s ão utilizadas na sociedade contemporânea. O contato entre profissionais de saúde e pacientes pode beneficiar-se desse contexto, ainda mais naquelas atividades que demandam uma frequência regular. Tal é o caso na recuperação ao fisioterápica. Este artigo apresenta uma proposta de solução para que profissionais de saúde possam monitorar remotamente pacientes necessitados de sessões fisioterápicas explorando assim vantagens espacial e temporal. Definiu-se um modelo de aplicação e realizou-se uma validação inicial com a sua implementação.
A utilização do dispositivo Leap Motion Controller apresentou-se como uma opção viável tanto do ponto de vista econômico como da portabilidade.

Eduarda da Silva Pereira de Souza

SISTEMA COLABORATIVO PARA FABRICAÇÃO DE PLACAS BRAILLE DE BAIXO CUSTO

Considerando o avanço tecnológico no processo de fabricação de objetos através de equipamentos de prototipação rápida, tais como impressoras 3D, maquinas de corte a laser, fresadoras de precisão, entre outros, objetiva-se tirar proveito do baixo custo de fabricação destes equipamentos para a ampliação da disponibilidade de mecanismos de acessibilidade. Este artigo apresenta uma plataforma colaborativa para confecção de placas braille através do uso de equipamentos de fabricação digital. Esta plataforma permite que, à partir de um texto seja criado um arquivo 3D da placa em braille a ser construída por colaboradores cadastrados no sistema. A plataforma é composta por um sistema web no qual os usuários (requisitantes e fabricantes) interagem e por um módulo de conversão de texto para arquivo 3D da placa em braille.

Elisa Leo de Oliveira

UM ESTUDO SOBRE AS RECOMENDAÇÕES DE ACESSIBILIDADE EM TABLETS ANDROID PARA DEFICIENTES VISUAIS

Este artigo apresenta um estudo sobre as recomendações de acessibilidade do Google para deficientes visuais aplicadas ao
desenvolvimento de aplicações Android para tablets. Na pesquisa, é realizada a implementação dessas recomendações em uma aplicação existente, além de testes a fim de validar a sua efetividade. A partir disso, são realizadas novas modificações em busca de melhorias que consideram também as percepções do usuário. Verificou-se que, apesar de adequadas as orientações do Google,
há espaço para aprimorar os projetos relacionados a acessibilidade e usabilidade em dispositivos móveis, principalmente a partir da inclusão do usuário em seus processos de desenvolvimento.

Douglas Ritter Machado

SISTEMA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

Este artigo objetiva apresentar o desenvolvimento de um website responsivo, oferecendo o acesso aos dados via browser em servidor local. Voltado para a gestão financeira do Microempreendedor Individual (MEI), um sistema deste tipo, se justifica pela necessidade de uma ferramenta de baixa complexidade, para ser usada por empreendedores MEI, que em geral, possuem pouco conhecimento nesta área; principalmente no que se refere ao controle de valores que entram e saem do seu negócio, motivo pelo
qual muitos encerram suas atividades, por não terem previsão do saldo do caixa. Espera-se que o sistema Gestão Financeira MEI contribua para profissionalizar e apoiar o MEI nas tomadas de decisões que irão impactar na continuidade do seu negócio.

Diego Luis Rohr

DESENVOLVIMENTO DA APLICAÇÃO HELP DESK NAGEL PARA O GERENCIAMENTO DE INCIDENTES

A rotina diária de uma equipe de suporte de TI requer respostas rápidas na resolução de incidentes no ambiente de negócio. Neste contexto, este artigo descreve a criação do sistema web Nagel para o gerenciamento de incidentes Help Desk. O sistema foi modelado utilizando-se diagramas da UML e implementado com a tecnologia Java para Web, vinculada a frameworks front-end. Espera-se uma redução no tempo de resposta aos incidentes registrados com o uso do sistema aqui proposto.

Cristhofer Wasckburger Steiernagel

DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO COMO ALTERNATIVA PARA O ENSINO DE LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA CRIANÇAS: CORRIDA LÓGICA

Nos últimos anos tem-se observado uma grande difusão da tecnologia, e um dos seus grandes alvos são as crianças. O resultado disso são crianças pouco interessadas nos métodos de aprendizagem convencionais e muito distraídas por aparelhos eletrônicos. Paralelo à isso, escolas estão voltando a usar o ensino de lógica de programação na grade curricular por ser muito benéfico à sua formação e ao desenvolvimento cognitivo. Este projeto tem por objetivo desenvolver um jogo que supra essa necessidade: ensino de lógica de programação de uma forma que atraia a atenção dessas crianças rodeadas de tecnologia.

Cesar Perdomo Purper

IZYGALLERY: SISTEMA ONLINE PARA GERENCIAMENTO DE GALERIAS DE IMAGENS

A evolução da arte fotográfica ao longo dos séculos, desde a era analógica até a digital, juntamente com a aumento da velocidade e globalização da informação, levaram ao desenvolvimento de novas ferramentas. Os profissionais que trabalham com imagens necessitavam de soluções no que diz respeito a interação com os seus clientes e apresentação dos seus trabalhos e portfólios.
Neste contexto, este artigo apresenta o desenvolvimento do IzyGallery, um sistema web simplificado para gerenciamento de galerias de imagens voltado, principalmente, a profissionais de fotografia autônomos e pequenos estúdios.
O sistema foi desenvolvido levando em consideração recursos da engenharia de requisitos e Heurísticas de Nielsen para as avaliações de usabilidade de soluções semelhantes. Com isto, apresentou-se uma solução alternativa aos sistemas existentes, bem como a implementação de novas funcionalidades.

Cícero Pereira Costa

SISTEMA PARA COLETA E ARMAZENAMENTO DE DADOS CLIMÁTICOS

Dados meteorológicas constituem uma série de variáveis como temperatura, umidade, precipitação e vento que influenciam a todos nós, pode provocar doenças ou acidentes, esse mais presentes na mídia em decorrência da urbanização com construções feitas em áreas com terreno instável. Na agricultura onde o clima afeta constantemente, os produtores devem possuir informações sobre o clima e quando essas são imprecisas acabam tratando a área produtiva de forma homogênea, aplicando uniformemente corretivos e agrotóxicos. O presente trabalho tem como objetivo a construção de um protótipo de sistema de monitoramento climática, usando sensores para coleta de dados ambientais relevantes para o público. Variáveis climáticas que serão coletadas e a partir desses dados pode vir a ser uma ferramenta poderosa para recursos humanos.

Bruno Trevissoi do Nascimento

TEM JOGO - UMA PLATAFORMA WEB PARA EMPRESAS DE LOCAÇÃO DE QUADRAS POLIESPORTIVAS

Este artigo descreve a realização de um projeto de criação de um software de Customer Relationship Management focado em empresas do ramo de locação de quadras poliesportivas. A plataforma tem por diferencial disponibilizar um sistema para concentração das informações de clientes, bem como um sistema de gerenciamento de partidas e pagamentos, além de permitir a execução do website das empresas. Com esse conjunto de ferramentas, e utilizando de conceitos de marketing, espera-se conseguir uma maior aproximação entre as empresas do ramo e seus clientes, focando na longevidade do relacionamento entre as partes.

Arthur Reginatto Lopes

MACHINE LEARNING COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NA PREDIÇÃO DE RENDIMENTO DE ALUNOS DO CURSO DE SISTEMAS PARA INTERNET

Na educação superior, especialmente em cursos de TI, existe muita evasão e retenção de alunos. Como hipótese, acredita-se que um dos motivos é que os alunos ingressantes nos cursos ainda não se encontram no último estágio de desenvolvimento cognitivo, o qual foi identificado por Jean Piaget como Operatório Formal. Existem diversos trabalhos que estudam os motivos pelos quais os alunos têm dificuldades, porém, em sua maioria, esses estudos levam em consideração aspectos sociais e desempenho acadêmico. Este trabalho irá aplicar técnicas de machine learning sobre os dados obtidos a partir do desempenho dos alunos na disciplina de Lógica de Programação do IFRS e nos resultados dos Testes Operatórios de François Longeot, os quais irão auxiliar na identificação do nível cognitivo dos alunos.
Espera-se, assim, identificar aqueles com propensão à evasão ou retenção e,
com isso, contribuir para melhorar a qualidade da formação dos futuros
profissionais de TI.

Ariel Corrêa Pezzoli

Aux-T: Aplicação Web Responsiva Como Auxiliar Terapêutico Na Reabilitação Da Deglutição

De acordo com estudos recentes, a disfagia foi um achado comum nas manifestações mais graves da infecção pelo novo coronavírus, enquanto a terapia fonoaudiológica demonstrou contribuir significativamente para a redução das complicações de saúde relacionadas com a disfagia nesses quadros. Levando isto em consideração os atendimentos nas modalidades de teleatendimento e teleambulatório tem sido uma prática adotada pelos profissionais para orientar manobras, exercícios ou
mudanças de consistência no pós alta hospitalar. A partir do reconhecimento deste cenário foi elaborada uma proposta de aplicação que tem como objetivo atuar como auxiliar terapêutico na reabilitação da deglutição. Como principais diferenciais da
aplicação estão a personalização do plano terapêutico, o terapeuta pode criar seus próprios exercícios com vídeos e orientações e a interação entre profissionais e pacientes. Após definição do problema e definição dos objetivos do sistema, foi realizado
levantamento de requisitos em entrevista em grupo com profissionais fonoaudiólogos, que realizaram sugestões de modificação e adição de novas funcionalidades. A ferramenta foi desenvolvida utilizando o framework para web Ruby on Rails e após implementação das funcionalidades, foi submetida à validação do grupo de profissionais. Nessa etapa os participantes consideraram que o Aux T pode ser utilizado para alcançar os objetivos aos quais se propõe e consideraram que o sistema contribui muito para realizar terapia de maneira mais assertiva, melhorar a adesão ao tratamento e o vínculo entre profissionais e
pacientes.

Ana Clara Kettl dos Santos

DESENVOLVIMENTO DO SAAMS - SISTEMA PARA A ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL E ACOMPANHAMENTO ACADÊMICO

O presente trabalho apresenta o estudo, concepção e desenvolvimento de um sistema computacional que automatize os processos necessários às atividades de assistência estudantil e acompanhamento acadêmico realizadas no Instituto Federal do Rio Grande do Sul – campus Porto Alegre. Desenvolvido em arquitetura cliente/servidor, para ambiente web, utilizando recursos da plataforma Java e banco de dados PostgreSQL. Os resultados obtidos pelo presente trabalho cobrem a modelagem e implementação de estrutura básica do sistema e implementação de casos de uso referentes a acompanhamento acadêmico

Alex Adair Vargas Cardoso

ATITUDE INVESTIGATIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: PERCEPÇÕES, LIMITES E POSSIBILIDADES EM UM ESTUDO DE CASO

O propósito deste estudo é averiguar como a atitude investigativa - entendida aqui como um conjunto de comportamentos e ações movidos por emoções específicas - se faz presente nas aulas de Química de uma turma de terceiro ano do Ensino Médio em dois contextos distintos: em um espaço formal de ensino e em um espaço não-formal, projetado para o desenvolvimento desses comportamentos. Sendo uma pesquisa qualitativa, mais especificamente um estudo de caso, utilizamos como instrumentos para a produção de dados: diário de observações, entrevistas semiestruturadas e gravações em áudio e vídeo; para a discussão, utilizamos a Análise de Conteúdo como método. Neste sentido, este estudo busca também apresentar uma reflexão sobre como a atitude investigativa pode contribuir para uma melhor aprendizagem em Química, em Ciências da Natureza e, indo, além disso, para a formação de um sujeito crítico, responsável e cidadão. Por fim, propomos algumas atividades que podem auxiliar no desenvolvimento de atitude investigativa – atividades relacionadas diretamente aos comportamentos específicos que se deseja desenvolver, como: observar; sugerir e avaliar hipóteses; propor perguntas; identificar relações causais; construir consenso; analisar dados e fazer conclusões.

Carolina Borba da Silva

A CIÊNCIA FORENSE COMO TEMÁTICA INTEGRADORA DOS CONTEÚDOS DE CIÊNCIAS

O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma pesquisa exploratória sobre a Ciência Forense como temática integradora dos conteúdos de ciências (Biologia e Química). Esta foi realizada, primeiramente, com um levantamento bibliográfico e posteriormente com uma entrevista com professores de escolas públicas de Educação Básica, a fim de verificar as possibilidades e potencialidades da Ciência Forense em sala de aula. A temática foi escolhida ao longo do curso de graduação quando a autora participou do projeto de extensão “Química Forense: Ambiente Interativo de Aprendizagem”. Também ao verificar a falta de interesse dos alunos nas aulas de Química e Biologia procurou-se encontrar uma temática que tivesse caráter interdisciplinar e que fosse de interesse dos mesmos. A metodologia utilizada foi de análise de conteúdo tanto para o levantamento bibliográfico como para as entrevistas. Os resultados obtidos no levantamento bibliográfico indicam um número pequeno de publicações sobre a temática Ciência Forense, com propostas didáticas pouco diversificadas. No entanto, quando analisadas as entrevistas, percebe-se um interesse dos professores em usar a temática como tema transversal para se trabalhar a interdisciplinaridade.

Débora Regina Machado Costa

VERBALIZANDO O IMPLÍCITO: AS EMOÇÕES NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE DE PROFESSORES/PROFESSORAS DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

O presente trabalho tem como objetivo tematizar as relações entre as emoções vivenciadas na trajetória docente e as imagens sociais acerca do que seja ser um/uma bom /boa professor/professora. Foi desenvolvido junto a duas licenciandas do Curso de Ciências da Natureza que atuam como professoras na rede de ensino público Estadual. As emoções foram analisadas desde sua perspectiva subjetiva até a dimensão social que as modulam. Tendo em vista os limites do modelo educacional fundamentado na dicotomia razão-emoção, fazem-se urgentes e necessários a construção, o estudo e a avaliação de outros olhares sobre o universo escolar, em particular no que se refere ao ensino de ciências que, geralmente, encontra-se vinculado predominantemente à racionalidade. Trata-se de uma abordagem qualitativa, na qual os sujeitos de pesquisa participaram do estudo através de entrevistas de explicitação (EDE) que permitem e estimulam a evocação de lembranças e a verbalização detalhada destas. Para tanto, os sujeitos se submeteram, durante a entrevista, ao processo de conscientização reflexiva com vistas à explicitação do que foi evocado. Na EDE o entrevistador media todo o processo com o auxílio de um roteiro previamente elaborado. Um dos pressupostos dessa opção metodológica é que o estímulo à reflexão sobre suas práticas, sobre as imagens do que consideram ser um/uma bom/boa professor/professora e sobre o lugar que as emoções ocupam nelas, cria condições de possibilidade para que os sujeitos se reconheçam como seres emocionais e passem a atuar em sintonia com esta nova percepção.

Karla Medeiros da Silva

OS ARRANJOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO FORMAL PÚBLICA DE PORTO ALEGRE: REFLEXÕES SOBRE A AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR

A Educação Ambiental constitui um tema de extrema relevância social, que abrange não apenas o ensino formal, mas também as esferas não formais e informais. Ao tomar a escola como uma instância social, que tem como principal objetivo a formação de sujeitos críticos e atuantes na sociedade, as políticas nacionais preveem a inserção da temática ambiental nos currículos escolares. Além das políticas, diferentes autores apontam a importância do trabalho de Educação Ambiental enquanto tema transversal, de modo contextualizado à realidade dos estudantes e que contemple não apenas os aspectos naturalistas da temática, mas também seus preceitos sociais, culturais e políticos, contribuindo, dessa forma, para a formação da cidadania e transformação social. Partindo, portando, do entendimento que a Educação Ambiental constitui uma via de acesso para a compreensão das relações sociais, culturais, biológicas que constituem o ambiente, das bases legais que asseguram aos cidadãos o direito de compreender o mundo em que vivem e de exercer a cidadania de modo crítico e reflexivo e do reconhecimento da escola como espaço de construção de saberes, o presente trabalho de conclusão foi estruturado. A investigação buscou caracterizar as ações de Educação Ambiental que estão sendo desenvolvidas nas escolas da rede pública de Porto Alegre e, a partir disso, refletir sobre o processo de ambientalização dos currículos, entendido não apenas pela definição de conteúdos, mas pelas repercussões sobre o cotidiano dessas instituições, por meio da organização da escola e das relações entre os diferentes membros da comunidade escolar. Para isso, o trabalho de pesquisa foi dividido em dois momentos: (a) realização de mapeamento das ações de Educação Ambiental junto às escolas da rede pública, por meio de contato telefônico e caracterização das mesmas quanto aos métodos de abordagem, as áreas do conhecimento, e nível de penetração nas grades curriculares; (b) acompanhamento participante e caracterização de ações educativas desenvolvidas em duas escolas públicas de Porto Alegre, localizadas nos bairros Rubem Berta e Arquipélago (Ilha da Pintada). Tomando por base o panorama geral da cidade e o aprofundamento da investigação pelo acompanhamento específico de duas ações, foi possível observar diferentes modos de repercussão da temática ambiental nos espaços escolares. Na escola municipal do bairro Rubem Berta, por exemplo, observa-se que a Educação Ambiental vem contribuindo para as discussões sobre a diversidade cultural do bairro à medida que traz para o debate as questões étnico-raciais, de gênero e de território. Já na escola estadual da Ilha da Pintada há uma forte relação entre o poder público e o privado, favorecendo um modelo de Educação Ambiental que é normalmente adotado pelas empresas e que não contempla na maior parte do tempo discussões necessárias sobre a relação dos indivíduos com a área de proteção ambiental onde estão inseridos. Desse modo, a pesquisa aqui apresentada, buscou problematizar os limites e as potencialidades da Educação Ambiental, refletir sobre a ambientalização curricular e problematizar o papel dos educadores nesses contextos e para além deles.

Jaqueline Gomes Nunes Waszak

Resultados 4801 a 4820 de 4974